quarta-feira, 7 de maio de 2008

QUE TRISTEZA, BRUNA KARLA!!!

"Se eu pudesse eu voltaria atrás
E te beijaria muito mais
Mãe, ouviria mais os teus conselhos
Sinto tanta falta do teu cheiro
De acariciar os teus cabelos
Mas aprouve a Deus te colher
Minha esperança é que na eternidade eu vou te ver"
Estes versos são de uma composição da cantora Eyshila para um CD de dia das mães. A canção, interpretada por Bruna Karla até possui suas dádivas: linda melodia - como todas as composições de Eyshila - e uma letra cativante. Já é uma das mais tocadas nas rádios evangélicas, o que não me causa nenhuma surpresa, haja visto que Bruna Karla é indubitavelmente uma das cantoras mais queridas do nosso povo.

Eu já tive oportunidade de pregar num culto onde ela era a cantora da noite. Sou testemunha de sua simplicidade e simpatia, bem como do amor do público para com ela. Nunca tinha visto aquilo dentro de uma Igreja! Pessoas subindo no púlpito para poder tirar fotos dela, se acotovelando para aproximarem-se dela e outras exibições nada convencionais. Mas, a minha crítica será direcionada a esta canção propriamente dita, chamada "NA ETERNIDADE".

Analisando os versos acima, observem que a música é direcionada a alguém, no caso uma mãe, que já faleceu! Como podemos cantar uma música para alguém que já partiu? A comunicação com os mortos é totalmente proibida na Biblia, seja de que forma for. Uma flor que se leva ao sepulcro, uma carta que se escreve endereçada ao morto, a chamada "consulta aos mortos" em sessões espíritas e esta música está no mesmo patamar.
Davi, quando perdeu seu filho querido, ele que era um poeta, não faz uma canção direcionada à criança morta. O máximo que ele fez foi compor uma canção de despedida para Saul e Jônatas e ainda assim, não era falando diretamente com eles. E também nem se compara uma ode feita no ápice da dor da perda com uma música comercial feita para vender no dia das mães.
Admira-me uma mulher tão experiente como Eyshila ter a ousadia de fazer uma canção com letra espírita como esta. Admira-me que o povo evangélico tenha aceitado isto tão passivamente. Ë deprimente que uma mega gravadora como a MK estimule este tipo de coisa, totalmente contrária à Bíblia. Cristãos, boicoitem este CD e até mesmo as cantoras Eyshila e Bruna Karla. Só assim aprenderão que o povo de Deus não é ignorante.




77 comentários:

Anônimo disse...

Acho um absurdo esse seu comentário sobre a cantora Bruna Karla, é coisa de quem não tem o que fazer. Pois não vejo nada de mais em dedicar uma música pra mãe dela. Você não tem mãe não? è uma demonstração de quanto ela amava a mãe. Agora se você não tem coração, fique com seus comentários pra você. E vá arranjar uma coisa mais interessante pra fazer. Por que pecado maior você ta cometendo, que é de julgar os outros.

O Clérigo disse...

O pecado de não se identificar é certamente ainda mais grave! Geralmente, meu blog é direcionado para pessoas que sabem ler e interpretar um texto, infelizmente, aparecem pessoas como você, covardes, sem argumentos e semi-analfabetos que não sabem distinguir entre crítica à letra de uma música e crítica à cantora. Quem sabe algum dia eu tenha algo mais interessante para fazer como entrar anonimante num blog alheio para ofender! Passar bem, Zé Ninguém!

Anônimo disse...

Mais pecado ainda é vc acreditar em signo como identificado no seu perfil (aquário),do que homenagear uma mãe, Pois na bíblia fala que os adivinhos não entraram no reino dos céus, pois signo as pessoas ignorantes que não conhecem á Deus usam para adivinhar o futuro. Agora vc não pode dizer q não tenho nenhum argumento, pois estou me baseando na palavra de Deus.
Passar bem!
Deus Te abeçõe!!

O Clérigo disse...

Agora sei que não se trata apenas de um semi-analfabeto, e sim de um ANALFABETO DIGITAL!Quando a gente cria o blog e coloca nossa data de nascimento, AUTOMATICAMENTE é posto o SIGNO. Todos blogueiros são obrigados a terem esta informação no perfil. Quanto a homenagear a mãe, devemos fazer enquanto ela está viva. Sem contar que a música não se trata de uma homenagem, mas de um DIÁLOGO com a falecida mãe! Isto é anti-bíblico, e quanto a essa questão, você continua sem argumento. Mas, não te culpo. "Errais por não conhecer as Escrituras e nem o poder de Deus". Estamos num país livre e democrático, por isso expresso minhas opiniões. Dou meu nome e sobrenome e responsabilizo-me por tudo que eu escrevo, digo ou faço, ao contrário de muitos que escrevem sandices anonimamente.

Anônimo disse...

Concordo com vc qdo diz que Bruna Carla e Eyshila foram infelizes na composição e intepretação desta música. É inegável o talento delas, mas tb me incomoda essa música, a melodia é maravilhosa pena que o conteúdo seja praticamente uma conversa entre uma pessoa viva e uma morta sim, e isso, é espiritismo

O Clérigo disse...

Obrigado pelo seu comentário, amigo! Pena não saber seu nome para agradece-lo melhor! Que Deus te abençoe ricamente.

Debora disse...

Vc nao sabe interpretar nada...
Talvez Deus nao tenha lhe dado esse dom, e vc fica se usando. Quem disse q nessa musica contem um dialogo? Ela apenas esta falando do amor q tem pela mae,e diz q esta sentindo saudades, e tbm fala q a esperanca dela e reencontra a sua Mae no Ceu. Se vc soubesse um pouco da Biblia, saberia que nao podemos falar dos ungidos de Deus. Deus vai cobrar td de vc, cada palavra mal dita, cada comentario estupido sobre cantores que pregam a PALAVRA DE DEUS. CUIDADO COM O CASTIGO DE DEUS. *DEUS E AMOR, MAIS TAMBEM E JUSTICA*
Vou lhe dar um conselho: Pare de ficar escrevendo coisas sem sentidos, e va ler Biblia, pra ver se Deus lhe concede entendimento e dom de interpretacao!!!
Este e apenas um comentario de uma serva de Deus q quer ve o Mundo Cristao progredir e nao regredir, e sao pessoas q pensam como vc q fazem o MUNDO CRISTAO regredir.
*Q Deus possa lhe ajudar* Fica com Deus!!!

O Clérigo disse...

A música está em segunda pessoa (sinto tanta falta do TEU cheiro/de acariciar TEUS cabelos/mas aprouve a Deus TE colher/(...) na Eternidade vou TE ver) e usa o vocativo (classe gramatical usada em discursos diretos) "mãe". Isto não é um diálogo? Você cai em contradição quando diz que não devemos falar dos ungidos de Deus mas diz que eu não sei interpretar nada, que Deus não me deu o dom, que eu promovo o retrocesso no Mundo Cristão e que escrevo coisas sem sentido. Acaso eu não sou ungido de Deus? Ou apenas Bruna Karla o é? Sobre a música, você não apresentou nenhum argumento satisfatório que contrariasse o meu comentário. Passar bem.

Kailayne disse...

Acho q o senhor está totalmente correto,pois o louvor foi feito para adorar a Deus,somente a Deus!!! E não a pessoas mortas,sabemos sim de como deve ser dificil perder uma pessoa querida,principalmete uma mãe,mas mesmo assim temos q agir perante a palavra de Deus.Pois é explicito q há sim uma conversa entre uma pessoa morta com uma viva,e sabemos q isso acontece no espiritismo,desde já,deixo o meu abraço e à paz do senhor.

O Clérigo disse...

Obrigado, Kailayne!
Vejo que pelos menos alguém concorda comigo!

amor disse...

bruna karla esta fazendo uma homenagem a mãe isso não significa que ela esta pecando ou dialogando com a mãe dela
ela adora a deus da mesma forma que vc adora

que deus te abençoe

Lá_Anjos disse...

1. conversa entre duas ou mais pessoas
2. troca de ideias
Segundo o dicionário isso é diálogo.
Se pegarmos a letra da música e analisarmos perceberemos claramente que não há diálogo - até pq não existe como conversar com alguém que já faleceu.
A letra da música é apenas uma homenagem, uma "válvula de escape", uma declaração de amor, chame como quiser, mas por favor, não diga que existe ali um diálogo, pq não existe.E de onde vc tirou que há uma consulta a mortos na música?! Não é uma consulta!!! No máximo pode-se dizer que ela "monologou" durante a letra da música... Acredito meu querido, que vc não soube interpretar a canção e, menos ainda, teve sabedoria ao postar isso.E esse tipo de discussão não leva o corpo de Cristo ao crescimento, e na verdade, não nos faz chegar em lugar algum.
Quanto ao 'boicote' às cantoras, acho quenão seria a melhor forma de "fazê-las enxergar que o povo de Deus não é ignorante", por justamente mostrar o oposto pela falta de interpretação correta do conteúdo da música.
É um direito seu discordar do conteúdo, mas há que se ter sabedoria, e mais uma vez insisto em afirmar, não houve, ao se manifestar os seus pontos de vista.
Justamente para evitar discussões como as encontradas aqui.
Bom, desejo que Deus o abençoe, e que eu possa ter o ajudado em algo.

P.s.: considerando que o seu ponto de vista seja verdadeiro ( não se anime, eu não concordei, e é apenas uma hipótese para se pensar no que vem a seguir), e que essa música seja mesmo um "pecado", qual a diferença entre o "pecado de homenagear a mãe" e o de julgar sem entendimento, sem conhecimento, de faltar com amor ao próximo e etcs? Pecado para Deus não é tudo igual?! Apenas as consequências são diferentes, mas o ato de pecar para Deus ´tudo igual, não tem diferença se o seu pecado, aos seus olhos, é "ÃO" ou se é "INHO"...
Entende?

O Clérigo disse...

PARA LÁ ANJOS...
Para que se caracterize um diálogo, basta que um fale e outro ouça. No caso da música, a Bruninha canta para que a falecida mãe ouça. E ainda assim há quem pense em não se tratar de diálogo...
Eu não sei em que faculdade teólogica você estudou, mas esqueceram de te ensinar os versículos 16 e 17 do capítulo 5 de I João e o livro de Levítico, onde estão bem evidenciados que há pecados graves, faltas leves e abominações diante do SENHOR.
Sobre a minha suposta falta de sabedoria, recuso-me a responder, pois a sabedoria é justificada pelas suas obras, e não é em espaço tão despretensioso como este blog que ela será provada.
Sobre o corpo de Cristo, meu post realmente não promove a edificação, coisa que certamente este teu comentário fará! Parabéns. (Caso você não tenha percebido, estou sendo sarcástico neste último parágrafo).

Lá_Anjos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Clérigo disse...

É claro que o espaço está aberto para opiniões, desde que embasadas em subsídios coerentes.
"Se eu pudesse eu voltaria atrás
e TE beijaria muito mais
MÃE, ouviria mais os teus conselhos".
Se os versos são direcionados à segunda pessoa (gramaticalmente, com QUEM se fala)como não se trata de um diálogo?
Sobre os níveis de pecado, isto trata-se de uma doutrina bíblica chamada HAMARTIOLOGIA, que mostra que há pecados para a morte, pecados que não são para a morte e etc, ou seja, pecados leves, graves e abominações, mas isto deixa para outra ocasião.
Você removeu seu comentário tarde demais... RSSSS
Serás sempre bemvinda com seus comentários, desde que estejas disposta a ouvir as réplicas.

Lá_Anjos disse...

Estou sempre disposta às réplicas!
=)
Ok, qdo estiver disposto a falar sobre "a tal" da HAMARTIOLOGIA, estou pronta a ouvir.
Deus te abençoe.

P.s.: mas eu ainda insisto que não é um diálogo... rsrsrs

O Clérigo disse...

Ok, aguarde meu tratado sobre HAMARTIOLOGIA! RSSS.
Obrigado por enriquecer este blog com seus comentários, que, por mais que não concorde, são de grande valia para este espaço.
Fique na paz.

EU disse...

Amado, você é do tipo de pessoa que não tem o que fazer e então só resta colocar asneiras na internet, eu acho isso deprimente, as calúnias que você faz contra a cantora Bruna Carla e Eyshila que são servas de Deus coisa que certamente você não é; e amigo não use a Bíblia para agredir o teu irmão isso só prova que você é uma pessoa totalmente carnal, um conselho que eu te dou e é de graça querendo você aceitar ou não,VAI SE CONVERTER e procurar uma atividade útil na sua vida, olha! para de ser um criticador e caluniador, pois esta raça vai pro inferno e você deve saber disso já que usa tanto a Bíblia, só que de forma errada, pois ela é alimento e não destruição.

O Clérigo disse...

EU, este é o sEU problema: EGOCENTRISMO. Suas agressões à minha pessoa são de um nível tão baixo, que não merecem resposta da minha parte. Qualquer pessoa com o mínimo de inteligência, verificaria que minha crítica foi direcionada à música, e não às cantoras. Pena não ser o sEU caso.
Quem sabe um dia, quando você tiver um NOME decente, em vez desse pseudônimo ridículo, a gente possa conversar civilizadamente como bons cristãos, apesar de você não me considerar como tal. Lembre-se de que você não me conhece, e sem informação, não dá pra ter opinião!

Rafaele disse...

Eu axo que não tem nada a veer e se ela tiver conversando com um morto cabe a Deus julgá-la e assim castigá-la . Pois quem somos nós para julgar ou defender uma pessoa , somos todos pecadores, temos apenas que orar e pedir a misericórdia de Deus para essa vida. Em relação a musica eu gosto muito dela e sempre choro quando ouço porque lembro de minha vó que faleceu , pra mim esse musica fala sobre saudade e amor .
e se eu pudesse voltar atraz eu abraçaria mais a minha avó . Vai dizer que ninguém sente falta de um ente querido que se foi e desejaria que o tempo voltasse para estar com ele(a) de novo ?
não estou aqui para discutir e sim postar minha opinião .
até porque ficar discutindo por comentários não da em nada , só mostra para os ímpios que ser cristão não ta com nada.
beijos

izabela disse...

CARAMBA COMO VOCÊ É RIDÍCULO E NAO SE DEU CONTA DISSO...
PARA UM SERVO DE DEUS COMO VOCÊ DIZ QUE É FAZER UM BLOGGER E FICAR FALANDO DAS MUSICAS DOS OUTROS COMO SE VOCÊ FOSSE ALGO DE INTERESSANTE ISSO É O CÚMULO!!! SINCERAMENTE ESPERO QUE DEUS TENHA MISERICORDIA DE SUA VIDA QUERIDO, E QUE VOCÊ APRENDA A AMAR OS OUTROS COM DEFEITOS OU SEM DEFEITOS, NAO IMPORTA TEMOS QUE AMAR SE REALMENTE SOMOS CRISTÃOS VERDADEIROS. LARGA DE CRITICAR OS OUTROS E PROCURA ENCHER O TEU BLOGGER COM COISAS SANTAS, TEM TANTOS ASSUNTOS MAIS IMPORTANTES, JESUS TA VOLTANDO SE VOCÊ AINDA NAO SE DEU CONTA DISSO. PARA COM ISSO!!! SOMENTE DEUS SABE SE SUA OPINIAO É CERTA OU NÃO, ENTAO MUDA DE ASSUNTO VAI!!! DEUS TEM O MELHOR PARA NOSSAS VIDAS.

Anônimo disse...

Quem fez esse documentário sobre a cantora, e a Eyshila, está muito mal informado!!!
Pois, a Bíblia fala : "Honrai pai e mãe que se prolongará seus dias na terra. "
E ela quis honrar sua mãe, prestando uma homenagem a ela!
É sinal de que a mãe dela, foi uma pessoa boa!
E se Deus quiser ela está no céu!
E se não fosse de Deus essa canção, eu tenho certeza, que Deus ia derrubar a cantora... ou ia dar uma lição nela...
E não precisava, fazer um texto tão inútil, ignorante, como esse.
O REINO DE DEUS,NÃO É JULGAMENTO E SIM ADORAÇÃO, ORAÇÃO, AMOR, E TODAS AS COISAS BOAS!

By: Fernando .

Anônimo disse...

Quem fez esse documentário sobre a cantora, e a Eyshila, está muito mal informado!!!
Pois, a Bíblia fala : "Honrai pai e mãe que se prolongará seus dias na terra. "
E ela quis honrar sua mãe, prestando uma homenagem a ela!
É sinal de que a mãe dela, foi uma pessoa boa!
E se Deus quiser ela está no céu!
E se não fosse de Deus essa canção, eu tenho certeza, que Deus ia derrubar a cantora... ou ia dar uma lição nela...
E não precisava, fazer um texto tão inútil, ignorante, como esse.
O REINO DE DEUS,NÃO É JULGAMENTO E SIM ADORAÇÃO, ORAÇÃO, AMOR, E TODAS AS COISAS BOAS!

By: Fernando .

O Clérigo disse...

Fernando, nunca foi minha intenção escrever um "DOCUMENTÁRIO" sobre as cantoras Eyshila e Bruna Karla. E sim, comentar a letra de uma música.
Seu infeliz comentário só serve para demonstrar o seu nível de ignorância. Passional, emotivo e sem o mínimo de qualidade interpretativa. Não seja fã, seja racional...

Anônimo disse...

meu querido! a paz do SENHOR !eu só tenho a dizer uma coisa:
O HOMEM RETEM AQUILO QUE LHE É BOM!
ou seja,se pra voce não traz bonansça ,esqueça mas n fique fazendo com que as pessoas julgue outras,mesmo que esse n seja seu objetivo,vc estará pecando por ter a possibilidade de alguém n saber interpretar da sua forma e acabar pecando em julgar BRUNA E EYSHLA!
JA PENSOU NISSO?
FIQUE NA PAZ

monnynha disse...

Esse hino tem a letra muito bem feita, alem de tocar em pessoas q/ nao dao e não deram valor em suas maes e com esse comentario seu de julgamento contra o amor pela mae, isso é ABSURDO, ORROGANTE !
Faz uma coisa, não sei se vc tem mae, vai dar valor nela e para de falar da mae de Bruna Karla !!!
Vai ORAR mais que Deus te abençoe

SUZANA GODOY disse...

HÁ MAIS UMA VEZ ZÉ NINGUÉM E SÓ QUEM E CONTRA VOCÊ (EM RELAÇÃO EM APARECER ANÔNIMO) E AMIGO, ALGUÉM E QUE E TÃO CEGO QUANTO VOCÊ E VAI AO SEU FAVOR, ESSES SÃO AQUELES TIPO DE PESSOA QUE NÃO SE IMPORTA EM LÊ A BÍBLIA E VAI SEMPRE DE ACORDO COM O QUE OS OUTROS FALAM.

SUZANA GODOY disse...

MEU IRMÃO PEDI A DEUS PARA TE DAR SABEDORIA PREGAR A PALAVRA DE DEUS NÃO E COMO SE PREGA PREGO, NÃO E BATENDO MACHUCANDO QUE DEUS SALVA!!!

SUZANA GODOY disse...

MEU IRMÃO SE VOCÊ ACHA SER TÃO SABEDOR DA PALAVRA DE DEUS SABERIA QUE SOMENTE DEUS TEM O PODER DE JULGAR, SÓ ELE É O JUIZ NEM JESUS VAI JULGAR, POIS ELE E O NOSSO ADVOGADO, QUEM E VOCÊ QUEM SOMOS NÓS PARA JULGAR OS NOSSOS IRMÃOS FALHOS COMO NÓS.A PALAVRA DE DEUS DIZ "QUEM NÃO TEM NENHUM PECADO QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA".VIGIA IRMÃO NÃO SEJA INVOCADO A PREGAR A PALAVRA DE DEUS. E POR CAUSA DE FATOS ASSIM QUE TEMOS PERDIDO MUITAS ALMAS.SE DEUS FALOU PARA VC PREGAR FALE APENAS O QUE ESTÁ NA BÍBLIA SEM QUERER JULGAR, ISSO NÃO CABE A NÓS SOMOS APENAS SERVOS.QUANDO DEUS FALA VIGIAR E VIGIAR A NOSSA PRÓPIA VIDA NÃO DO MEU IRMÃO, "EXAMINAI O HOMEM A SI MESMO", NÃO MANDO EU EXAMINAR O MEU IRMÃO.
QUE O IRMÃO TENHA A PAZ DE DEUS!

SUZANA GODOY!!

SUZANA GODOY disse...

POR FAVOR EU CREIO QUE ALÉM DE SE DOTAR JULGADOR, VC NÃO VAI SE ACHAR PROFESSOR DE PORTUGUÊS PARA FICAR CORRIGINDO OS ERROS. QUE INGRAÇADO SERÁ QUE VOCÊ CORRIGIR OS SEUS ERROS TÃO BEM QUANTO CORRIGIR OS DOS OUTRO?
SE VOCÊ TEMESSE TANTO A DEUS NÃO FALARIA TÃO MAL E DISCUTIA COM OS SEUS IRMÃO EM CRISTO OU COM QUALQUER OUTRA PESSOA.

Anônimo disse...

e simplesmente uma musica que fala do amor que ela tinha por sua mae. diga se fosse voce no lugar dela nao faria o mesmo? A nao ser que voce nao tenha recebido o dom de Deus para amar aquela que ele escolheu para te trazer ao mundo. que Deus ilumine mais seus pensamentos....

O Clérigo disse...

Suzana,

Lamento, mas não perco tempo respondendo falácias de pessoas claramente sem noção de interpretação. E, além do mais, herege, ao dizer que Jesus não vai julgar."Pois como o Pai tem a vida em si mesmo, assim também deu ao Filho o ter a vida em si mesmo,e lhe conferiu o poder de julgar, porque é o Filho do Homem". (Jo 15:26-27)
Eu apenas uso da minha prerrogativa de cidadão cristão e brasileiro de expressar MINHA opinião no MEU blog. E a minha opinião limita-se à letra de uma canção. Ao contrário de você, que julga meu caráter sem nem mesmo me conhecer.
Caso minha opinião não se adequa aos seus padrões, você tem todo o direito de discordar, mas com argumentos plausíveis (será que você está me entendendo???)e não com esse bando de besteirol que você escreveu aí.
Passar bem.

O Clérigo disse...

Falar do amor que se tinha por uma mãe que partiu é uma coisa.
Entoar uma canção para esta alma que se foi é outra totalmente diferente.
Eu não sei, nobre ANÔNIMO, se você leu o texto inteiro. Caso o tenha feito, com certeza não compreendeu, pois minha crítica é concernente ao fato de Bruna Karla falar PARA sua falecida mãe, em vez de falar DELA. No que tange ao meu relacionamento materno, isto é uma coisa que não está em debate neste espaço. Arrange argumentos de gente grande e volte a postar, do contrário, limite-se à sua infantilidade intelectual bem longe daqui.

Anônimo disse...

Meu irmão se e assim que eu posso te chama ok em João fala que Deus deu o poder de Jesus julgar, mas você não acha que isso era na época em que ele estava na terra, porque a mesma bíblia diz que "Filhinhos não pequeis, mas se pecar lembre-se que tem um advogado Jesus Cristo".Querido o caráter de uma pessoa e visto pelos seus atos, sua fala após o seu comentário e sua arrongância agora para me responder só pude crer que você não tem o caráter de um cristão, pode ter de crente porque issso até o diabo e.Para ser cristão temos que renunciar as nossas vontades, o nosso eu.
Mesmo Jesus com o seu poder de julgar ele nunca acusou ninguém, ele sempre pensava bem antes de falar de alguma coisa. Deixa para o Senhor a responsabilidade de julgar, não pegue prova com a própria mão porque Deus diz "Ai daquele que tocar em um dos meus ungidos".O Pai e que tem o poder de corrigir.
Pra você foi apenas um comentário,para o inimigo uma grande brecha.Vigia!!!
O que eu estou fazendo não e te criticar, mas estou te dando um conselho.
Quando temos o compromisso de servir ao Senhor não e simplesmnte ler a bíblia e ir a igreja e mostra em ações, obras, palavras que verdadeiramente Cristo vive em nós.
Por sinal me perdoa se não sei interpretar sua fala, mas com um pouco de ensino que tenho aprendido na igreja, e que o Espírito de Deus me concedeu, eu não concordo com a sua fala.
Por fim desculpa se verdade, se a palavra de Deus e o que eu aprende e um besteirou.
O que acontece com vc e q vc está muito preocupado com palavras, opinões próprias e esquecendo o que verdadeiramente Deus quer.
Como prova que eu sirvo a um Deus vivo Deus ainda irá falar com você, não sei como, mas eu creio que em breve veremos quem estava certo.
A paz do Senhor!!

Anônimo disse...

Desculpa mas fui eu Suzana que enviei essa resposta logo acima desculpa não ter me indentificado.

O Clérigo disse...

Suzana;

Espero que vc nao seja dessas igrejinhas "do manto", onde tem muito "sapateado" e "profetada" e pouca - ou nenhuma - instrução bíblica. Infelizmente, parece (observe que disse "parece") ser este o seu caso.
Postei muitos comentários neste blog com críticas (leia no dicionário a acepção da palavra "crítica") direcionadas a muitas pessoas e fatos. Mas, você vem defender Bruna Karla (que nem está sendo acusada de nada) e me atacar como se ela fosse a única "ungida de Deus". Isso mostra que vc deve ser (observe que eu disse "deve ser") uma dessas pessoas adestradas pela 93FM e pela MK, e que não sabem a diferença entre "análise crítica" (Jesus disse para avaliarmos os frutos para conhecermos as árvores, Paulo disse para julgarmos as profecias e também os irmãos da Igreja que estiverem em disciplina)e "juízo temerário". Este último, sim, proibido.
Análise crítica é o que eu estou fazendo em relaçao à canção de Bruna Karla. Juízo temerário é o que vc está fazendo em relaçao a minha pessoa, pondo em dúvida minha idoneidade cristã, meu relacionamento com minha mãe e ainda tentando me "acusar" de coisas que nem de longe eu quis fazer.
No entanto, pode ficar tranquila que eu te perdoo. Sei que no fundo vc só quer o bem da comunidade cristã, embora a sua falta de discipulado ("errais por não conhecer as Escrituras)não lhe permita ter um discernimento acurado das coisas.

juliana disse...

clerigo..esse é o seu nome?
caranba e vc é crente"como se diz..cristão? é...se for p/ ser evangelico como vc ..eu prefiro ir direto p/ inferno...ate porque p/ ser difamador...caluniador..adivinhador..e falar da vida do proximo...eu prefiro esta fora da igreja p/ ñ escandaliza..doque esta dentro do templo..e ridicularizar a palavra de Deus.....
fique em paz!!!!pois se voçe estiver EM paz...não ira tentar tiraR A PAZ DO PROXIMO..
ORE MAIS..VIGIE MAIS....PORQUE ATE A ONDE EU SEI O POVO DE DEUS É PRUDENTE VIGILANTE...
EU NÃO SOU EVANGELICA..MAIS SEI QUE VOÇE PRECIZA SER CRENTE DE VERDADE..PORQUE UM CRISTÃO..UM CERVO DO SENHOR FAZ A DIFERENÇA..E NESSE MOMENTO VOÇE Ñ ESTA SENDO A DIFERENÇA..

juliana disse...

Espero que vc nao seja dessas igrejinhas "do manto", onde tem muito "sapateado" e "profetada" e pouca - ACUIDADO COM O QUE VOCE FALA DO POVO de DEUS..INDEPENDENTE DE MORAREM NA CIDADE OU NA ROÇA...SÃO FILHOS COMO VOCE...HUM.VOÇE TAMBEM DISSE QUE NÃO IRIA MAIS RESPONDER NENHUM COMENTARIO..SERA QUE É PORQUE VOÇE NÃO TEM ARGUMENTOS...
CUIDADO CRENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!

O Clérigo disse...

Merece crédito um ser que escreve "caraNba" com "N", "voÇe" com "Ç","preciZa" com "Z" e "Cervo" com "C"?
Acho, minha cara Juliana, que você perde seu tempo "escrevendo" sandices, quando na verdade deveria estar numa escola de alfabetização.
Continuar fora da igreja é opção sua e ir para o inferno também o é. Lamentável é que você venha aqui expressar sua infeliz opinião acerca do meu viver cristão, quando na verdade você mesma diz não pertencer a este grupo.
Porque você não comenta o texto? Se você não concorda, diga seus motivos, mas, respeite os meus.
Agradeço seus conselhos de que eu tenho que orar e vigiar mais, porém, rechaço sua ideia de que eu supostamente tiro a paz dos outros.
Eu perdoo sua incoerência pois já percebo que lido com alguém perdido em suas próprias convicções, que não sabe ler um texto, tampouco interpreta-lo, por isso "escreve" bobagens, visto que sem informação não dá para ter opinião, portanto, parte-se para a agressão, exatamente como você faz.
Se for para comentar o texto, serás muito bem vinda, seja qual for tua opinião. Se for para "lições de moral" é melhor você buscar outro recanto que não este espaço.

O Clérigo disse...

E quem foi que falou sobre morar na cidade ou na roça???
Refiro-me ao pentecostalismo barato, de sensações e emoções passageiras, em detrimento de um sadio ensino bíblico. Fenômeno este que acontece em qualquer lugar do mundo.
O culto é racional, biblicamente falando. Mas, há pessoas que em nome de uma suposta espiritualidade, são capazes de toda sorte de manifestação, menos de sabedoria das Escrituras.

Anônimo disse...

Olha aqui cara! Se você tem tempo para ficar respondendo insultos, deve ser pq não tem nadaq melhor pra fazer. Então quer saber? VAI PRA RUA PREGAR A PALAVRA E AJUDAR OS POBRES, AO INVÉS DE FICAR COMO UMA CRIANÇA DISCUTINDO POR BLOG.Francamente, parabéns pelo ótimo exemplo de cristão que vc é.!!!!

O Clérigo disse...

Pelo menos alguém reconhece o bom exemplo de cristão que eu sou! Eu só gostaria de saber o que alguém nobre e preocupado com os pobres como o senhor anônimo está fazendo em meu blog. Acho que o seu lugar não é aqui, haja visto não deixar nenhum comentário acerca do assunto, e sim, apenas ofensas infantis próprias de quem não possui nenhum discernimento das coisas. Mas é assim mesmo. Enquanto os cães ladram, a caravana passa.

IZABELA disse...

cara tu é muito ridiculo...... que pena espero que DEUS tenha muita, mas muita misercordia de vc.. nao adianta falar bem, escrever bem, ter milhares de cursos de formaçoes, e ser um crente triste espiritualmente... vai te converter e mas uma vez vê se muda de assunto e larga a vida do teu irmão se nao tu vai ser É "COMIDO DE BICHO">>>>>> CUIDADO VIU ABRE SEU OLHO.....TIRA PRIMEIRO A TRAVA QUE TAÍ Ó NO TEU OLHO DEPOIS AJUDA A BRUNA KARLA E A Eyshila TIRAR A TRAVA QUE NOS OLHOS DELA TA BOM...???????

O Clérigo disse...

Izabela;

Que bom que você espera que Deus tenha misericórdia de mim, coisa que certamente você não tem, visto iniciar seu "comentário" me chamando de ridículo...
Obrigado pelo conselho em "largar a vida de meu irmão". Espero que você também o siga, pois foi você quem veio em meu blog me ofender, e nao eu no seu.
Sobre o "comido de bicho" e outras coisas que você escreveu, nem vale a pena comentar.
Mais uma vez, digo: Até hoje ninguém argumentou textualmente em favor de Bruna Karla e Eyshila. E não é uma pessoa preconceituosa e incoerente como você, Isabela, que vai conseguir isso. Passar bem.

izabela disse...

primeiro que o meu nome se escreve com Z E NAO COM S...IZABELA...
e quando eu disse que DEUS tenha misericordia de vc, é pra ter mesmo, por QUE seria muito bom vc encher os seu blogger com assuntos melhores ou vc acha que esse assunto, as ofenças e disculçoes que estao sendo ditas no seu blogger estao sendo edificantes? eu li todos os seus comentarios e realmente sao pessoas que de alguma forma ficam com raiva de vc, poxa nao tem nada haver esse assunto é uma coisa delas e DEUS, como eu disse nao cabe a nós um bAndos de pecadores vivendo por misercordia de DEUS nos preocuparmos com o que bruna faz ou deixa de fazer,..... minha opinião é essA muda de assunto e tenho certeza que DEUS irá abençoar o seu blogger de forma diferente, e automaticamente irá nos abençoar... e realmente que DEUS TE ABENÇOEE,, MUITO.. ABRAÇOS

O Clérigo disse...

Minha nobre irmã Izabela;

Obrigado pela correção em relação ao seu nome. Você já leu na Bíblia acerca daqueles que "têm zelo de Deus mas não com entendimento"? Caso a resposta seja negativa, por favor, leia e veja se você não está enquadrada nisso.
Lamento, mas você e mais da metade dos que se dizem cristãos são frutos de anos de irreflexão e lavagem cerebral que líderes aproveitadores têm feito nos últimos anos.
Se você não gosta de raciocinar e se locupleta do versículo bíblico "não julgueis" para justificar sua posição, só posso lamentar por você.
Mas, não ofenda aqueles que, como eu, cometem o "pecado" de ter senso crítico - dado por Deus - e embasar minhas opiniões com argumentos, coisa que nenhum dos meus algozes fez nesse comentário específico.
Muito menos você.
Passar bem. E que Deus te dê quadruplicadamente tudo que você tem desejado para mim, pois o que o homem plantar, isso também colherá.

LILIANE disse...

olá!!! paz pra todos, afinal a mãe de Bruna Karla morreu ou não.

Heron disse...

Olá, Sr O Clérigo online,

Gostaria de deixar minha impressão sobre o post.

Primeiramente, quero deixar claro que não sou fã de Eyshila ou de Bruna Karla, conheço poucas músicas de cada uma.

Contudo, pelo que eu conheço do trabalho da Eyshila, a compositora da música "Na Eternidade", suas músicas são linda e tocantes, como a "Fiel a mim" e "Posso clamar".

Ao elaborar minha opinião sobre a referida música, eu levei em conta a reputação da Eyshila. Eu pensei: "Como uma mulher tão experiente como a Eyshila poderia ter a ousadia de fazer uma canção com letra espírita?". Aí me veio outra pergunta: "Será que a Eyshila teve a ousadia de fazer uma canção com letra espírita?".

A resposta a essa segunda pergunta só pode ser uma dentre três opções: "sim", "não" e "difícil determinar". Vamos analisar cada uma das possibilidades.

Analisando pelos aspectos ressaltados pelo autor, a resposta obviamente é sim. Ao usar o vocativo "Mãe", o eu-lírico se dirige à sua mãe, a qual Deus já acolheu, ou seja, está morta. Olhando por esse ângulo, realmente é uma letra espírita.

Mas estive pensando em outra interpretação para essa música. Pode ser também uma homenagem à mãe dela, mesmo contendo um vocativo. A referência a alguém em um texto poético não necessariamente é uma conversa. Por exemplo, na música "Samba do Avião", de Tom Jobim, o autor diz: "Esse samba é só porque / Rio, eu gosto de você". Fica claro que ele não está dialogando com o Rio, mas homenageando-o, conforme pode-se observar durante toda a composição. Não consigo lembrar de exemplos na música gospel.

Outro exemplo de uma situação em que se faz uma referência a uma pessoa sem que haja um diálogo é quando "pensamos alto". Quantas vezes, quando estamos aborrecido com alguém, e estamos certos de que esse alguém estava errado, dizemos para o travesseiro: "Ah, Fulano! Por que fez isso comigo?"! Estaríamos dialogando com Fulano? E até mesmo o tão difundido "Ai, meu Deus do céu!"! Independentemente de ser ou não o pecado de tomar o nome do Senhor em vão, a pessoa que usa essa interjeição está necessariamente falando com Deus, ou apenas está se expressando?

É importante lembrar que um texto poético é, por definição, polissemântico, isto é, pode possuir várias interpretações, de acordo com o contexto no qual foi concebido. Só podemos dizer com total certeza qual era a intenção da Eyshila ao compor a música se conhecermos totalmente o contexto da Eyshila, isto é, suas opiniões sobre vida pós-morte, o momento no qual ela se encontrava ao escrever, seu testemunho de vida, e muitas outras informações que provavelmente não conseguiremos. E também, somente Deus conhece as verdadeiras intenções do coração.

Tendo em vista essa dificuldade, a minha opinião sobre a intenção da Eyshila é: "difícil determinar". Acho que apenas pela observação dessa canção, não é possível determinar com precisão a intenção das palavras da compositora. Apesar disso, acho que a Eyshila não foi muito feliz ao escrever essa música, pois ficou essa dúvida que pode se transformar em escândalo caso se siga a linha do autor.

Sobre o autor, gostaria de parabenizá-lo pela qualidade estrutural e argumentativa do texto.

Quero deixar clara a minha indignação à grosseria de certas pessoas sem argumentos que, ao invés de construir, querem destruir a dignidade do autor, escrevendo ofensas preconceituosas.

Um abraço,
Heron

O Clérigo disse...

Prezado Heron;

Seu comentário é tão salutar que merece um post a parte. Fa-lo-ei com muito prazer caso o senhor me permita.
Agradeço suas palavras e admito que deve ter havido uma certo exagero de minha parte em algumas assertivas por mim feitas neste texto. Mas ainda bem que alguns como o senhor reconheceram que minha inteção era incitar o debate.
Sabe o que mais aprendi com isso tudo? Que eu devo ser mais comedido ao expressar minhas opiniões. E que o povo evangélico não está pronto a defender suas convicções sem agredir o suposto ofensor. Admito meu erro mas surpreendi-me com a forma voraz com que fui tratado neste espaço.
Agradeço e muito seu comentário, o qual fez muito bem ao meu coração.

O Clérigo disse...

Prezado Heron;

No ensejo, agradeço o comentário - ó único com argumento edificante até aqui - que abriu a minha mente para outra hipótese interpretativa até então ignorada por mim. Obviamente, que não quer dizer que seja a correta, visto não ser a única possível. Assim como meu comentário nunca teve a pretensão de ser o único argumento correto.
Concordo com seus argumentos e sua coerência analítica. E agradeço por Deus te usar para ampliar minha visão no tocante a esta música que há muito vinha me incomodando.
Parabéns e que Deus o abençoe.

Heron disse...

Olá Sr O Clérigo Online,

Nas linhas a seguir, fiz comentários sobre a sua resposta.

"Seu comentário é tão salutar que merece um post a parte. Fa-lo-ei com muito prazer caso o senhor me permita."

Pode ficar à vontade. O meu comentário é pertence e é para a comunidade.

"...ainda bem que alguns como o senhor reconheceram que minha inteção era incitar o debate."
"... o povo evangélico não está pronto a defender suas convicções sem agredir o suposto ofensor. Admito meu erro mas surpreendi-me com a forma voraz com que fui tratado neste espaço."

Eu não quero levantar mais discussões, mas eu não entendo por que algumas pessoas estão defendendo a Bruna Karla com tanta força. Isso já está passando de um sentimento de fã que aprecia o cantor e sua interpretação. Estão defendendo uma cantora como se ela fosse sua parenta próxima.

"No ensejo, agradeço o comentário - ó único com argumento edificante até aqui - que abriu a minha mente para outra hipótese interpretativa até então ignorada por mim."
"E agradeço por Deus te usar para ampliar minha visão no tocante a esta música que há muito vinha me incomodando."

Que bom! Fico feliz e surpreso por ver que meu comentário provocou esse efeito. Acho que ter a mente aberta (nem tão aberta, para não entrar porcaria) é muito importante, pois evita que desenvolvamos preconceitos, ou pior, conceitos equivocados sobre muitos assuntos da nossa vida cristã, política e social.

"Obviamente, que não quer dizer que seja a correta, visto não ser a única possível. Assim como meu comentário nunca teve a pretensão de ser o único argumento correto."

Nesse post existem duas linhas de interpretação. Corroborando ao que eu tinha dito anteriormente, a música "Na eternidade" pode ter cunho espírita ou não; somente conhecendo muito bem a compositora poderemos, ainda com chances de cometer erros e injustiça, definir a interpretação mais plausível. O único que pode definir a interpretação exata dessa canção é Deus, que sonda todos os corações por ser onisciente.

Um abraço,
Heron

Anônimo disse...

Pergunto, vc é filho de chocadeira? é difícil distinguir um desabafo, de uma suposta canção pra morto? Só tendo mãe e perdendo-à pra se ter uma idéia de tamanha dor. Procure uma igreja, vire pastor ou algo do tipo, sua sabedoria tá desperdiçada aqui, fazer críticas sobre os outros é muito fácil, o díficil é ter o dom de cantar maravilhosamente assim, pra Deus, mesmo que em forma de desabafo por não ter tido mais tempo ao lado de alguém que tanto ela amava.

Anônimo disse...

Nada a ver me diz uma coisa se vc perdesse seu mãe,e vc lembraria dela o tempo todo certo?
principalmente das coisas q ela fazia com vc,quando vc se pegasse sozinho olhando a foto dela tenho certeza q vc diria.
-Mãe sinto sua fauta queria vc aqui comigo e outras coisas mais...
então foi apenas isso q ela fez expressou os sentimentos dela pela mãe em uma canção,ela mostrou q mesmo a mãe depois de morta permanece no coração dela as lembranças.
e sobre oq vc falou q devemos fazer homenagem as mães enquanto elas estão vivas quer diser q quando morrem deixão de ser nossas mães?
preste + atenção
Jesus te abênçoi

Anônimo disse...

TUDO QUE FAZ SENTIDO NESSE POST:
1. conversa entre duas ou mais pessoas
2. troca de ideias
Segundo o dicionário isso é diálogo.
Se pegarmos a letra da música e analisarmos perceberemos claramente que não há diálogo - até pq não existe como conversar com alguém que já faleceu.
A letra da música é apenas uma homenagem, uma "válvula de escape", uma declaração de amor, chame como quiser, mas por favor, não diga que existe ali um diálogo, pq não existe.E de onde vc tirou que há uma consulta a mortos na música?! Não é uma consulta!!! No máximo pode-se dizer que ela "monologou" durante a letra da música... Acredito meu querido, que vc não soube interpretar a canção e, menos ainda, teve sabedoria ao postar isso.E esse tipo de discussão não leva o corpo de Cristo ao crescimento, e na verdade, não nos faz chegar em lugar algum.

O Clérigo disse...

Francamente... estou tão cansado! Acho que nem vale a pena responder a insolência desses anônimos idiotas.

Anônimo disse...

clérigo
nao é querendo te insultar mas por acaso quando voce era criança no dia das maes ou dos pais voce ja fez alguma homenagem á sua mae ?
entao por algum acaso voce parou pra conversar com ela pra saber se ela teve tempo de dizer um adeus ou dizer um obrigada por tudo mae ? se sua mae morresse hoje e voce nao conseguisse dizer um ultimo eu te amo ou só um adeus como voce se sentiria ? entao nao fale e nao critique as coisas dos outros pois voce nao sabe o proposito disto. passar bem

lidia lima disse...

meu Deus, esses comentários são deprimentes...se vc tivesse escrito do Amor de Deus , querido, com certeza não teria se cansado tentando provar a sua tese, se vc discorda de algo, ore por o seu irmão, não use a internet para difamar o nome dos seus irmãos, ao invés de tentar provar estar certo, converse com o nosso papai eterno, vou orar por vc!

ALINE disse...

NOSSA PARABENS...PQ VC NAO VAI GANHAR ALMAS PARA JESUS EM VEZ DE FICAR OLHANDO O PECADO DOS OUTROS???SERA QUE DEUS ESTA SE AGRADANDO DISSO?ESSA DISCURSSAO NAO LEVARÁ NINGUEM PARA GLORIA...POR ISSO QUE MUITAS PESSOAS DEIXAM JESUS...PESSOAS COMO VC QUE ACHAM QUE É SANTO PARA FICAR JULGANDO AS OUTRAS PESSOAS...VAI ORAR MEU IRMAO, PQ VC NAO TIRA ESSA CRITICA E COLOCA UM TESTEMUNHO DE BENÇÃO PARA PODERMOS GANHAR MAIS ALMAS PARA JESUS, DEUS NOS ENVIO AKI NESSA TERRA PARA AMARMOS UNS AOS OUTROS SEM APONTAR O DEDO....
FICA NA PAZ DO SENHOR...
OBS. NAO FREQUENTO NENHUMA IGREJA MAIS CREIO QUE O DEUS QUE SIRVO É FIEL E FALA COMIGO TODOS OS DIAS, POR ISSO NAO QUERO ME FIMAR NA IGREJA PQ SEI QUE LA TEM PESSOAS IGUAL A VC JUIZES DE NOSSAS VIDA...E CREIO QUE DEUS ABENÇOA MUITO MINHA VIDA DO JEITO QUE EU VIVO PQ SOU FIEL A ELE...
FICA NA PAZ DO SENHOR...

jullyanny disse...

Clérigo a paz do Senhor! Eu sou evangélica da igreja Assembléia de Deus ministério do Seta. Bem eu não estou aqui para te criticar até porque cada um tem uma opinião e eu respeito a sua, a minha opinião sobre isso é que você está errado! Essa música não tem nada de mais, é uma homenagem a mãe delas, não como mortas e sim como mães maravilhosas que foram, e vamos combinar que as criaram muito bem, a Bruna é uma mulher linda muito humilde e serva do mesmo Deus que nos servimos! Você podia para de critica-las e pensar na dor que a Bruna Karla senti até hoje, porque perde uma mãe não é brincadeira é uma dor que só quem passa sabe, você está caluniando elas e isso sim é pecado não o que elas fizeram! Vigia irmão. Fica na paz do Senhor!
E me desculpe se te ofendi!!!

jullyanny disse...

Clérigo a paz do Senhor! Eu sou evangélica da igreja Assembléia de Deus ministério do Seta. Bem eu não estou aqui para te criticar até porque cada um tem uma opinião e eu respeito a sua, a minha opinião sobre isso é que você está errado! Essa música não tem nada de mais, é uma homenagem a mãe delas, não como mortas e sim como mães maravilhosas que foram, e vamos combinar que as criaram muito bem, a Bruna é uma mulher linda muito humilde e serva do mesmo Deus que nos servimos! Você podia para de critica-las e pensar na dor que a Bruna Karla senti até hoje, porque perde uma mãe não é brincadeira é uma dor que só quem passa sabe, você está caluniando elas e isso sim é pecado não o que elas fizeram! Vigia irmão. Fica na paz do Senhor!
E me desculpe se te ofendi!!!

Anônimo disse...

Querido irmão...

Se realmente ela estivesse querendo se comunicar com sua mãe morta, estaria no espiritismo você não acha?...pois lá ela teria um contato "maior" (seria enganada)!!..mas mesmo assim ouviria uma resposta.
Mas nós que somos evangélicos sabemos muito bem, que existe um novo céu e uma nova terra..
Então não existe um atalho para contatos com os mortos!
está escrito na palavra (Não julgueis para não ser julgado).
julgar uma letra...é praticamente julgar o autor que assim fez.

Desde já agradeço a Oportunidade de espor a minha opinião.
obs: Por mas que o Senhor não concorde Blog foi feito para isso.

Abraço e Fique com DEUS.

sunamita disse...

Em relação ao senhor chamar os tais (anônimos) de idiotas...

Parabéns o senhor provou pra mim...que não respeita a opinião das pessoas!!

tenha um pouco mais de tolerancia, já que o senhor foi capaz de colocar um comentário tão ridiculo, agora aguente as consequencias (opiniões) em relação a Tal.

luiz22 disse...

A paz do Senhor a todos!!

Parabenizo ao clérigo, Por todas as respostas dadas, as pessoas que tentam humilhá-lo, simplismemnte por não terem uma boa imterpretação de um texto, e, principalmente argumentos Bíblicos, acho sim que, quem compôs esta música foi muito infeliz.
Acho plausível, as respostas contidas neste Blog.

Fique com Deus!!

O Clérigo disse...

Lidia Lima;

Quando voce diz que vai orar por mim, devo considerar como um aviso ou uma ameaça?

Raquel.... disse...

Não vejo tristeza nenhuma nessa música, afinal como historiadora que sou afirmo aqui que nem tudo o que esta escrito na biblia é verdadeiro!Pecado maior é vc mandar as pessoas boicotarem essas cantoras que são de Deus, isso é ira!Como cristão prostestante que na certa vc deve ser, só podia ser mesmo... porque tão pouco isso viria de um cristão católico, uma atitude tão feia de dessas! Ridicularizar Bruna e Eyshila!
pessoas amadas e queridas por milhares de pessoas!

O Clérigo disse...

Raquel, você é a prova viva de que nosso sistema educacional é verdadeiramente vergonhoso! Como pode alguém que diz ter nível superior (historiadora! wow!) ser tão preconceituosa: "cristão prostestante que na certa vc deve ser, só podia ser mesmo... porque tão pouco isso viria de um cristão católico. E além de tudo, estúpida, ao comentar coisas que não estão em debate tais como a veracidade bíblica e as linhas teológicas do Cristianismo. Não vou entrar em debate com você nesse espaço, mas se você quiser polemizar, saiba que os católicos talvez não fossem capazes de uma atitude tão feia quanto sugerir um boicote às cantoras como eu o fiz. Mas foram capazes de "lindos gestos" tais como a inquisição, as cruzadas e as vendas de indulgências. O sangue de Galileu e outros cientistas escorrem pelas mãos de qual linha cristã? Acaso foram os "protestantes" que incentivaram a escravidão ao afirmar que "negros não tinham alma, portanto seria lícito escraviza-los"? Já que és "historiadora" (ou seria "estoriadora"?)jamais deveria colocar o catolicismo como padrão de cristandade, sob pena de passar vergonha!

ATELIÊ* ARTES DA SEL disse...

GRAÇA E PAZ..IRMÃO BLOGUEIRO... NÃO SEI SE CONCORDO OU DISCORDO CONTIGO POIS NÃO OUVI A TAL MÚSICA... MAS SOU BASTANTE CRÍTICA QUANTO À MÚSICAS DENOMINADAS GOSPELS, NEM TUDO Q COLOCAM NAS PRATELERIAS PRA VENDER EU VOU OUVIR... POIS COM O APROXIMAR DA VOLTA DE CRISTO MUITO COISA ERRADA ESTÁ ACONTECENDO DEBAIXO DE NOSSOS "NARIZES"... E EU NÃO ADORO NENHUM CANTOR GOSPEL PRA AFIRMAR QUE ESTES NÃO SÃO PASSÍVEIS DE ERRO, PORÉM EU ACREDITO QUE SE ESTA MÚSICA GEROU ESTA POLÊMICA NÃO FOI (EU ACREDITO!) A INTENÇÃO DA BRUNA KARLA... POIS VC SABE QUE ELA É VERDADEIRAMNETE SERVA DE DEUS... E TALVEZ NÃO TEVE SABEDORIA NESTE PONTO.
MAS QUANTO À VC : NÃO PERCA TEMPO RESPONDENDO ASPERAMENTE ÀS PESSOAS QUE TE CRITICAM, POIS PASSA A IMPRESSÃO QUE ÉS UMA PESSOA GROSSA E ESTÚPIDA, SIMPLESMENTE DELETE OS COMENTÁRIOS Q VC NÃO CONCORDE: POIS O BLOG É SEU E VC SÓ POSTA AQUILO LHE INTERESSA... FICA NA PAZ...

O Clérigo disse...

My Dear;

Prefiro passar a impressão de grosseria e estupidez a cercear os direitos de livre expressão de quem quer que seja. Quanto à intenção de Bruna, em momento algum sugeri má fé de sua parte. Até porque não foi ela quem compôs esta polêmica música. Deus te abençoe.

Anônimo disse...

Concordo com vc Clérigo, a palavra é clara: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém"
Infelizmente hoje as pessoas esquecem muito do alvo que é Deus, começam a idolatrar os cantores e não percebem muitas heresias que existem em muitas canções, porque "louvor" é aquele que nasce espontâneo do coração do verdadeiro adorador não para ganhar com aquilo, mas como Mirian fez, simplesmente adorou o Senhor, a sua riqueza era louvar a Deus, nada além disso.
Infelizmente hoje em dia muitas pessoas idolatram os cantores, existe muito evento por aí como o "Louvorzão", "Balada Gospel", que servem apenas para inchar o "EU"; Fique com Deus

Anônimo disse...

Concordo com vc Clérigo, a palavra é clara: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convém"
Infelizmente hoje as pessoas esquecem muito do alvo que é Deus, começam a idolatrar os cantores e não percebem muitas heresias que existem em muitas canções, porque "louvor" é aquele que nasce espontâneo do coração do verdadeiro adorador não para ganhar com aquilo, mas como Mirian fez, simplesmente adorou o Senhor, a sua riqueza era louvar a Deus, nada além disso.
Infelizmente hoje em dia muitas pessoas idolatram os cantores, existe muito evento por aí como o "Louvorzão", "Balada Gospel", que servem apenas para inchar o "EU"; Fique com Deus

Je disse...

Na verdd irmão é que qndo louvamso o que importa eh que Deus receba, e se nem Jesus que era perfeito agradou a todos como elas iriam agradar neh!?
Nao sei se vc tem mãe, mas se tiver abrace ela muito pq pelo jeito qndo ela morrer vc nem se lembrara dela neh!!
Que Deus et abençoe e faça de vc uma pessoa mas sensivel!! Beijos e fika com Deus e nao precisa responder rispidamente.

Daniel Freire disse...

É um julgamento temerário ao afirmar que a cantora Bruna Karla conversa com alguém que já morreu. Em nenhum momento isso é notoriamente visto. "Se eu pudesse eu voltaria atrás. E te beijaria muito mais. Mãe, ouviria mais os teus conselhos". É isso que você chama de diálogo? Então me diz onde a mãe dela responde? Afinal pra existir diálogo tem que haver a presença da fala de duas pessoas. Agora, se há apenas uma pessoa falando então não é diálogo, e sim, monólogo. É natural que se sinta saudade de alguém que já partiu. Você nunca sentiu saudades de alguém querido seu e que já morreu? Você não sentiria falta da sua mãe se ela partisse? Todos temos sentimentos pois fazem parte da nossa alma. Você não tem alma para compreender que a dor que a Bruna Karla passou foi gravada nesta canção? O que percebo é que o principal motivo desta homenagem da cantora Bruna Karla é: "Na eternidade sem sentir saudade. Vamos adorar a Deus. Na eternidade com meus amados. Do jeito que eu sempre quis. Porque lá no céu toda hora é hora de ser feliz". "Davi, quando perdeu seu filho querido, ele que era um poeta, não faz uma canção direcionada à criança morta. O máximo que ele fez foi compor uma canção de despedida para Saul e Jônatas e ainda assim, não era falando diretamente com eles. E também nem se compara uma ode feita no ápice da dor da perda com uma música comercial feita para vender no dia das mães". Qual a diferença entre a lamentação de Davi e a canção "Na Eternidade"? Da mesma forma que Davi homenageou Saul e Davi ao saber de suas mortes assim também a cantora Bruna Karla desejou homenagear sua mãe. Você diz que a canção foi usada de forma oportuna para vender mais por que foi lançado no Dia das Mães? Eu prefiro presentear a minha mãe com um disco com louvores que irão edifica-la do que insinuar que uma cantora se tornou comercial por causa disso. E se ela e outros cantores evangélicos se uniram para homenagear todas as mães, então por que não compraria esse disco? "Todo trabalhador é digno de seu salário" (1 Timoteo 5.18). Mas de tudo o que disse, o que mais me preocupa e me chama a atenção é que você sendo instruído na Palavra de Deus, filho de um pastor e de uma missionária, dirigente das reuniões de oração da sua Igreja, diretor e professor da Escola Bíblica e atuante na área administrativa eclesiástica como secretário e tesoureiro consegue ofender pessoas que discordam da sua opinião as chamando de covardes, sem argumentos e semi-analfabetos e não sendo humilde para reconhecer que estás equivocado quanto a sua opinião, além de incitar também àqueles que ouçam o canção "Na eternidade" de boicotarem o trabalho de uma cantora que passou por um momento tão delicado em sua vida ao perder a sua mãe ainda na adolescência. “Qualquer pessoa com o mínimo de inteligência, verificaria que minha crítica foi direcionada à música, e não às cantoras”. Tem certeza? "Cristãos, boicotem este CD e até mesmo as cantoras Eyshila e Bruna Karla”. Você deseja que quem é cristão deveria boicotar a música e as cantoras. Diga-me: quem está se contradizendo? Você diz: “admira-me uma mulher tão experiente como Eyshila ter a ousadia de fazer uma canção com letra espírita como esta”. Se afirmar que uma cantora que muito contribui no meio evangélico com tantos louvores edificantes agora canta músicas com apologia espírita, se isso não é uma crítica a quem compôs a música e a quem interpretou (afinal elas vivem da venda dos seus discos), então é o quê? "Cristãos, boicotem este CD e até mesmo as cantoras Eyshila e Bruna Karla. Só assim aprenderão que o povo de Deus não é ignorante". Quem se tornou ignorante? O povo de Deus ou alguém que se diz do povo de Deus? Porque quem é do povo de Deus dá testemunho que é filho Dele e com suas palavras agressivas você vai contra isso. Fica na paz e pense bem antes de emitir uma opinião baseada em um ponto de vista que é formado mais por preconceito do que por uma mensagem proveitosa.

O Clérigo disse...

Je;

Não mereces que perca meu precioso tempo tentando te convencer de que se trata de uma música gospel, não de um louvor.
Sabes a diferença entre cantar para Deus e cantar para uma mãe já falecida? Quando descobrires, voltes aqui para conversarmos civilizadamente.

O Clérigo disse...

Daniel Freire;

Seu comentário enriquece o blog. Todavia, pecas ao confundir "juízo temerário" com "análise crítica textual". Converse com um professor de português e o questione se em um diálogo deve sempre haver resposta do interlocutor. Não sabes que o silêncio também é uma resposta? Uma pessoa que fala com alguém no caixão obviamente não será respondida, mas não trata-se de um monólogo, pois ela não está falando sozinha, mas com a pessoa morta, ainda que não ouça resposta verbal.
Espero que minha preciosa mãe, e a sua, vivam anos e anos, porque depois deste meu comentário, não são poucos os que desejam a morte da serva de Deus somente para me ver na "pele de Bruna Karla". Você não parece ser exceção. É sempre isso que fazem as pessoas desprovidas de argumentação lógica!
Sobre eu possuir uma alma, confesso que tenho minhas dúvidas. Acho que sou feito apenas de sangue e nervos. Mas garanto que tenho cérebro. Você também deve ter um, certo?
Sobre presentear sua mãe com discos com "louvores que vão edificar", aprovo sua coragem, mas reprovo seu mau gosto. Não trata-se de louvores, e sim músicas gospel feitas sim para vender. Isso não é pecado, mas atribuir valor sagrado a elas é um absurdo. Concordo que Eyshila e Bruna Karla muito fazem em favor do meio evangélico. Não posso afirmar o mesmo em relação ao Reino de Deus, pois isto somente Ele pode afirmar. Se elas vivem da venda de seus discos, só resta-me lamentar, porque cantar não é profissão. Como pregar também não é. Todavia, isto não está em questão em meu texto. Quando sugiro um boicote às cantoras, não refiro-me a seus produtos mas uma exigência de uma explicação pública quanto ao teor desta canção. Elas não deveriam cantar esta música nas igrejas, a meu juízo.
Quanto aos meus encargos, desnecessariamente citados por você, em nada me engrandecem. Apenas aumentam a minha responsabilidade em ajudar alguns irmãos meus a pelo menos refletirem acerca das coisas, e não sacralizar pessoas, instituições ou canções, como se proviessem do próprio Deus, portanto, fora da crítica.
É o que eu tentei fazer embora mal interpretado por pessoas como você. Insisto: respeito sua opinião, mas EXIJO que respeitem a minha. Não sou proibido de escrever absolutamente nada, ciente, todavia de que darei conta destas minhas palavras. Como você das suas.
Passar bem.

O Clérigo disse...

Daniel Freire;

Seu comentário enriquece o blog. Todavia, pecas ao confundir "juízo temerário" com "análise crítica textual". Converse com um professor de português e o questione se em um diálogo deve sempre haver resposta do interlocutor. Não sabes que o silêncio também é uma resposta? Uma pessoa que fala com alguém no caixão obviamente não será respondida, mas não trata-se de um monólogo, pois ela não está falando sozinha, mas com a pessoa morta, ainda que não ouça resposta verbal.
Espero que minha preciosa mãe, e a sua, vivam anos e anos, porque depois deste meu comentário, não são poucos os que desejam a morte da serva de Deus somente para me ver na "pele de Bruna Karla". Você não parece ser exceção. É sempre isso que fazem as pessoas desprovidas de argumentação lógica!
Sobre eu possuir uma alma, confesso que tenho minhas dúvidas. Acho que sou feito apenas de sangue e nervos. Mas garanto que tenho cérebro. Você também deve ter um, certo?
Sobre presentear sua mãe com discos com "louvores que vão edificar", aprovo sua coragem, mas reprovo seu mau gosto. Não trata-se de louvores, e sim músicas gospel feitas sim para vender. Isso não é pecado, mas atribuir valor sagrado a elas é um absurdo. Concordo que Eyshila e Bruna Karla muito fazem em favor do meio evangélico. Não posso afirmar o mesmo em relação ao Reino de Deus, pois isto somente Ele pode afirmar. Se elas vivem da venda de seus discos, só resta-me lamentar, porque cantar não é profissão. Como pregar também não é. Todavia, isto não está em questão em meu texto. Quando sugiro um boicote às cantoras, não refiro-me a seus produtos mas uma exigência de uma explicação pública quanto ao teor desta canção. Elas não deveriam cantar esta música nas igrejas, a meu juízo.
Quanto aos meus encargos, desnecessariamente citados por você, em nada me engrandecem. Apenas aumentam a minha responsabilidade em ajudar alguns irmãos meus a pelo menos refletirem acerca das coisas, e não sacralizar pessoas, instituições ou canções, como se proviessem do próprio Deus, portanto, fora da crítica.
É o que eu tentei fazer embora mal interpretado por pessoas como você. Insisto: respeito sua opinião, mas EXIJO que respeitem a minha. Não sou proibido de escrever absolutamente nada, ciente, todavia de que darei conta destas minhas palavras. Como você das suas.
Passar bem.

O Clérigo disse...

Daniel Freire;

Seu comentário enriquece o blog. Todavia, pecas ao confundir "juízo temerário" com "análise crítica textual". Converse com um professor de português e o questione se em um diálogo deve sempre haver resposta do interlocutor. Não sabes que o silêncio também é uma resposta? Uma pessoa que fala com alguém no caixão obviamente não será respondida, mas não trata-se de um monólogo, pois ela não está falando sozinha, mas com a pessoa morta, ainda que não ouça resposta verbal.
Espero que minha preciosa mãe, e a sua, vivam anos e anos, porque depois deste meu comentário, não são poucos os que desejam a morte da serva de Deus somente para me ver na "pele de Bruna Karla". Você não parece ser exceção. É sempre isso que fazem as pessoas desprovidas de argumentação lógica!
Sobre eu possuir uma alma, confesso que tenho minhas dúvidas. Acho que sou feito apenas de sangue e nervos. Mas garanto que tenho cérebro. Você também deve ter um, certo?
Sobre presentear sua mãe com discos com "louvores que vão edificar", aprovo sua coragem, mas reprovo seu mau gosto. Não trata-se de louvores, e sim músicas gospel feitas sim para vender. Isso não é pecado, mas atribuir valor sagrado a elas é um absurdo. Concordo que Eyshila e Bruna Karla muito fazem em favor do meio evangélico. Não posso afirmar o mesmo em relação ao Reino de Deus, pois isto somente Ele pode afirmar. Se elas vivem da venda de seus discos, só resta-me lamentar, porque cantar não é profissão. Como pregar também não é. Todavia, isto não está em questão em meu texto. Quando sugiro um boicote às cantoras, não refiro-me a seus produtos mas uma exigência de uma explicação pública quanto ao teor desta canção. Elas não deveriam cantar esta música nas igrejas, a meu juízo.
Quanto aos meus encargos, desnecessariamente citados por você, em nada me engrandecem. Apenas aumentam a minha responsabilidade em ajudar alguns irmãos meus a pelo menos refletirem acerca das coisas, e não sacralizar pessoas, instituições ou canções, como se proviessem do próprio Deus, portanto, fora da crítica.
É o que eu tentei fazer embora mal interpretado por pessoas como você. Insisto: respeito sua opinião, mas EXIJO que respeitem a minha. Não sou proibido de escrever absolutamente nada, ciente, todavia de que darei conta destas minhas palavras. Como você das suas.
Passar bem.

O Clérigo disse...

Daniel Freire;

Seu comentário enriquece o blog. Todavia, pecas ao confundir "juízo temerário" com "análise crítica textual". Converse com um professor de português e o questione se em um diálogo deve sempre haver resposta do interlocutor. Não sabes que o silêncio também é uma resposta? Uma pessoa que fala com alguém no caixão obviamente não será respondida, mas não trata-se de um monólogo, pois ela não está falando sozinha, mas com a pessoa morta, ainda que não ouça resposta verbal.
Espero que minha preciosa mãe, e a sua, vivam anos e anos, porque depois deste meu comentário, não são poucos os que desejam a morte da serva de Deus somente para me ver na "pele de Bruna Karla". Você não parece ser exceção. É sempre isso que fazem as pessoas desprovidas de argumentação lógica!
Sobre eu possuir uma alma, confesso que tenho minhas dúvidas. Acho que sou feito apenas de sangue e nervos. Mas garanto que tenho cérebro. Você também deve ter um, certo?
Sobre presentear sua mãe com discos com "louvores que vão edificar", aprovo sua coragem, mas reprovo seu mau gosto. Não trata-se de louvores, e sim músicas gospel feitas sim para vender. Isso não é pecado, mas atribuir valor sagrado a elas é um absurdo. Concordo que Eyshila e Bruna Karla muito fazem em favor do meio evangélico. Não posso afirmar o mesmo em relação ao Reino de Deus, pois isto somente Ele pode afirmar. Se elas vivem da venda de seus discos, só resta-me lamentar, porque cantar não é profissão. Como pregar também não é. Todavia, isto não está em questão em meu texto. Quando sugiro um boicote às cantoras, não refiro-me a seus produtos mas uma exigência de uma explicação pública quanto ao teor desta canção. Elas não deveriam cantar esta música nas igrejas, a meu juízo.
Quanto aos meus encargos, desnecessariamente citados por você, em nada me engrandecem. Apenas aumentam a minha responsabilidade em ajudar alguns irmãos meus a pelo menos refletirem acerca das coisas, e não sacralizar pessoas, instituições ou canções, como se proviessem do próprio Deus, portanto, fora da crítica.
É o que eu tentei fazer embora mal interpretado por pessoas como você. Insisto: respeito sua opinião, mas EXIJO que respeitem a minha. Não sou proibido de escrever absolutamente nada, ciente, todavia de que darei conta destas minhas palavras. Como você das suas.
Passar bem.